Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

PPP - Projeto Político Pedagógico

Publicado: Domingo, 24 de Janeiro de 2016, 19h15 | Última atualização em Terça, 31 de Janeiro de 2017, 15h37 | Acessos: 1144

 PPP - Projeto Político Pedagógico 2015-2019

Trilhar caminhos em busca de ensino de qualidade: este é o objetivo do Instituto  Federal de Educação Ciência e Tecnologia – Câmpus Birigui. Qualidade não embasada  somente em conhecimento técnico, mas num viés de educação integral, na construção de  uma cidadania crítica e reflexiva.
Apresentamos o nosso Projeto Político Pedagógico. Este permite revelar a identidade  de nossa instituição de ensino, pois é a partir deste documento que desvendamos nossas  concepções, aspirações... É um árduo caminho que vislumbramos...
O Câmpus Birigui do Instituto Federal de São Paulo iniciou seus trabalhos no ano de  2010. Após quatro anos de um processo de consolidação, em atendimento à Lei de Diretrizes  e Bases da Educação (Lei nº 9.394 de 20/12/96), como também à solicitação da construção do Projeto Político Pedagógico em todas as unidades dos Institutos Federais no Estado de  São Paulo, iniciamos a construção deste projeto no segundo semestre de 2014, concebido em  escala local, com ampla participação. O primeiro desafio constituiu-se em levantar junto à comunidade escolar sua visão  institucional. Um diagnóstico foi realizado por meio de convites para reuniões sistemáticas  com os distintos segmentos que compõem o universo escolar: docentes, discentes, técnicos  administrativos. A partir de vários temas, a comunidade escolar manifestou suas opiniões, concebendo os aspectos positivos, assim como os nossos limites institucionais. Para a  garantia de ampla participação dos citados segmentos, foram necessárias diferentes estratégias. No segmento docente, foram utilizadas as reuniões de áreas; para os técnicos administrativos, houve convocação em grupos e em horários distintos, para que não houvesse prejuízo no atendimento ao público e, para os estudantes, foram garantidos  momentos de discussão via representantes de sala, reunidos por modalidade: integrados,  técnicos, tecnólogos e licenciaturas, além de reuniões abertas à comunidade externa. Concomitante a esse processo, foi elaborado o capítulo II, que apresenta dados do Câmpus Birigui, como também aspectos do município e região.
Durante o ano de 2015, foram elaborados os capítulos I e III, os quais tratam das  questões filosóficas que norteiam nossa concepção de ensino. O capítulo I foi construído por representantes dos setores pedagógicos de variados câmpus, na busca de construir uma  concepção de educação do IFSP, dialogando com referenciais oficiais advindos da escala
federal, como também, com embasamento no PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional). O capítulo III foi construído em escala local pela comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico. Buscamos elucidar a nossa identidade, nossas escolhas conceituais. Este capítulo foi disponibilizado para apreciação de toda a comunidade escolar, como também deliberado em assembleia, garantindo um momento democrático de discussão dos aspectos ali abordados. Os capítulos IV e V, elaborados no 2º semestre de 2015, pautaram-se em levantamento de informações de estruturas existentes no câmpus, assim como as políticas e ações praticadas. O capítulo VI foi iniciado com o levantamento do diagnóstico realizado  inicialmente e concluído no 2º semestre de 2015, a partir da organização sistemática dos limites institucionais levantados pela comunidade escolar. Uma assembleia foi realizada – após a comunidade escolar ter amplo conhecimento dos limites institucionais – para demarcação das ações futuras, dos prazos para execução destas e plano de avaliação contínua.

Comissão de Elaboração - Abril de 2016

(Texto de Apresentação do Projeto Político Pedagógico - reprodução)
 
 

O Projeto Político Pedagógico está sendo elaborado no contexto do IFSP. A Comissão de elaboração do Projeto Político Pedagógico disponibilizará no site os capítulos e documentos em elaboração para a participação da comunidade escolar nesse processo.
O capítulo 1 foi elaborado em conjunto com Avaré, Araraquara, Barretos, Birigui, Bragança Paulista, Campinas, Matão e Presidente Epitácio e é comum a todos os documentos e referencia a visão pedagógica do IFSP.
O capítulo 2 foi elaborado pela comissão local, assim como o capítulo 4 que foi necessária a inserção de informações específicas dos cursos oferecidos por Birigui.
O capítulo 3 está em elaboração pela comissão local e em breve será disponibilizado para a comunidade escolar.

Abaixo estão esses capítulos e os documentos elaborados no ano passado sobre os anseios da comunidade a partir dos três segmentos representativos: docentes, discentes e técnico-administrativos. Estes documentos são a base para o diagnóstico da situação atual do campus e para futura elaboração conjunta de estratégias e ações, que será retratado no capítulo VI.

 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página